Eu acuso

13 Abr

Acredito que a história contará a verdade. E os que tentam neste momento manchar a democracia com um golpe pagarão o mais alto preço: o da infame lembrança ou do esquecimento total. Estaremos do lado dos que serão lembrados por lutar pela verdade e pela justiça

Caras companheiras e companheiros, uso aqui algumas palavras que não são minhas, mas acho-as tão pertinentes que sinto-me no “dever de falar, eu não quero ser cúmplice. ” O texto de Émile Zola parece-me tão atual e adequado a esse processo montado por Eduardo Cunha, “uma figura nebulosa, a mais complicada” de toda nossa história republicana, envolvido em corrupção até o colágeno dos ossos. Não afirmo até a alma, porque essa ele vendeu há muito. Para Collor, no escândalo da Telesp no Rio. Acostumado a escapar sempre da justiça, apelando para o apoio dos fiéis da Igreja, e jurando que os brasileiros merecem respeito. Um respeito que ele nunca ofereceu.

Preciso escrever sobre o que vivemos. Se não o fizer, “minhas noites seriam assombradas pelo espectro de uma inocente que sofre, mergulhado na mais dolorosa tortura, por um crime que ela não cometeu”. E que se diga, nunca conseguiram provar. Provaram um erro. Não provaram crime.  Mas, Cunha fez, junto com a proposta dos ressentidos “a instrução como se fosse uma crônica do século XV, misteriosa, com expedientes cruéis e todo baseado exclusivamente em uma evidência infantil, esse documento imbecil, que não passa de uma traição vulgar, a patifaria mais grosseira, pois os maiores segredos transmitidos se revelaram todos sem nenhum valor. Eu insisto porque é aqui que está a semente de onde surgirá o verdadeiro crime, a espantosa recusa de justiça que torna” o Brasil “um lugar doente”.

Anúncios

Comente-me!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s